quinta-feira, maio 24, 2007

Prémio "ora vai lá comprar uns óculos novos, Ó ESTúPIDO!"

«(...) O que eu acho faraónico é fazer o aeroporto na Margem Sul, onde não há gente, onde não há escolas, onde não há hospitais, onde não há cidades, nem indústria, comércio, hóteis (...)»

Mário Lino, O incompetente Bisgolho

8 comentários:

Ó disse...

Assino por baixo!

Anónimo disse...

não fiquem assim pá ele disse isso dentro de um contexto, e agora está tudo a cascar no tipo sem grande razão.
queixinhas.

Eu sou assim! disse...

anbónimo, fizeste-me rir. :)

DuXa disse...

desculpa lá, anonimo, que contexto pode justificar uma idiotice tão grande?só se for o vinho que o sr bebeu ao almoço!sim, porque a Ota tem tudo isso.."gente, escolas, hospitais, cidades, indústria, comércio, hóteis "!!acho que ele é o camelo que falta no deserto...

Anónimo disse...

ele nao estava a dizer que a zona de almada nem de setubal nem de corroios nem do barreiro eram um deserto, ele estava a referir-se a zonas como poçeiroes e otas e sitios nessas areas, no cu de judas.

Anónimo disse...

ele para a proxima devia usar esta expressao "cú de judas" talvez caia melhor que "deserto",os jornalistas exageraram e tiraram do contexto o que ele disse.

sa disse...

aquilo foi uma força de expressão para se designar alguns locais da margem sul... essa história já está a fartar tbém
(não leves a mal. )

Ó disse...

A situação não farta não senhora, é apenas o começo.
Acontece que quando se representa o Estado não se pode dar ao luxo de criar equívocos desta forma. Se fosse meu ministro tinha ido direitinho para a rua, mas isto é um país com pouca memória.
Já nem ninguém se recorda que o PM está envolto numa polémica licenciatura.
Povo cobarde e conformista.