segunda-feira, setembro 06, 2010

Facebook killed the blogger star

É indiscutível. Chegou o facebook e a minha preguiça de passar por aqui instalou-se na grande poltrona que é a minha procrastinação. Estavam as duas muito felizes a ver filmes e a comer pipocas, enquanto eu estava para aqui jogada, a pensar que o meu blog já não fazia falta.
E pensei. Pensei muito e durante muito tempo. Desde Julho até Setembro. Foi quase uma estação do ano a pensar o que deveria fazer. Se apagar, se abandonar, se começar de novo. Então decidi que não me consigo separar dele. Porque gosto deste espaço. Porque mesmo sabendo que não passa aqui ninguém, existe este sítio onde posso deixar as minhas palermices a arejar enquanto vou para a rua viver outras.
E agora vou ali buscar um facalhão do mato para mostrar à minha preguiça quem manda aqui.



6 comentários:

Teresa disse...

Deixa-te disso, são só fases. Também ando a escrever muito pouco no blogue, tal como vou pouco ao Facebook.
Não quer dizer nada, é uma questão de disposição.
E faz-me impressão acabar um blogue. O meu continua, com mais ou menos assiduidade.

outrosdias disse...

Não passa aqui ninguém? Eu passo... via Google Reader, mas passo :)

Nochinha disse...

Heyyyyyyyyyyy...livra-te de acabares com o blog!!! Beijos da Nochinha

bento disse...

eu passo aqui, imensas vezes! (:

Gisa disse...

eu passo aqui :)

Bruno disse...

eu também sou daquelas que passa por aqui sem passar, i.e. via Google reader.


O meu blog também morreu com o facebook, tão mais fácil escrever no facebook (até tem aplicação notes que simula bem um blog) do que continuar por aqui.